PAPO DE PORCO

A faca e o queijo na mão

Por Denis Narvas

Foto: Evelson de Freitas / Agência Estado

O Palmeiras vive hoje uma situação diferente. O torcedor não sabe se comemora o fato do time ser líder ou se isso é mais um motivo pra ficar preocupado, já que a janela de transferências vai começar a pegar fogo agora.

E infelizmente temos motivos para estarmos preocupados. Diego Souza não é o tipo de jogador que me enche os olhos ao vê-lo jogar, mas está numa excelente fase e hoje é o jogador mais decisivo do time. Além do fato de ter um físico avantajado - o que os times da Europa devem gostar bastante.

Cleiton Xavier é o jogador mais importante taticamente do Palmeiras de hoje. Ele ataca e marca com extrema eficiência e é dele que surgem as principais jogadas de gol do nosso time. É um jogador completo e moderno, e tem um vigor físico impressionante. Parece que ele nunca se cansa.

Mas o que vai doer o coração se sair do Palmeiras (e que é o mais provável hoje) é o Pierre. Um jogador que chegou em 2007, no meio de uma renovação em que poucos jogadores contratados deram certo. E no meio de tantas adversidades, ele conseguiu se destacar por sua garra e vontade e conquistou a torcida. Hoje, num time muito superior tecnicamente ao de 2007, Pierre mostrou que não é só um destruidor de jogadas e que pode ser peça fundamental tanto atrás quanto na frente, fazendo até algumas boas jogadas de ataque durante os jogos. O Palmeiras vai perder muito mais do que um ótimo jogador. Vai perder um ídolo, uma referência, um verdadeiro guerreiro, como é assim chamado pela torcida, caso se confirme o que parece provável e irreversível.

Por outro lado, o time vem jogando muito bem. Jorginho arrumou a casa e entregou o time pronto e na liderança ao novo técnico Muricy Ramalho, que só está tendo o trabalho de dar continuidade ao que vinha sendo feito. Na última partida, já pudemos ver um pouco da cara do Muricy no time que enfrentou o Sport. Com a entrada do Marcão, o time ficou com 3 zagueiros, além dos 2 volantes, e marcou muito forte a equipe do Sport, que teve bastante dificuldade em atacar o Palmeiras. Ao longo do jogo, ele promoveu a entrada de um atacante no lugar de um zagueiro e colocou o time pra cima pra matar o adversário. Deu certo.

O lado positivo de uma possível saída do Pierre (se é que existe algo positivo nisso) é que acredito que a diretoria está contando que o garoto Souza vai despontar na mão do Muricy. Potencial ele já demonstrou que tem, só precisa ser melhor trabalhado. Com o Pierre no time ele teria poucas oportunidades, já que Edmilson faz uma função um pouco diferente e por hora não deve sair do time. Tem que valorizar a prata da casa mesmo. Lembrando que ainda temos Sandro Silva para uma eventual emergência.

Do time em si, dentro de campo, não há muitas criticas, por incrível que pareça. Para uma torcida que agüentava até pouco tempo criaturas como Luxemburgo, Capixaba e Mozart, ver esse time em campo hoje em dia é uma mistura de alívio e prazer. A baixa pros dois próximos jogos será a ausência de Pablo Armero, que vinha fazendo partidas ruins nos últimos jogos sob o comando do Luxemburgo, mas que recuperou seu futebol com o Jorginho e vem até jogando mais do que antes. A substituição natural seria a entrada do Jéfferson, mas algo me diz que ele vai aproveitar essa chance pra colocar de vez o Marcão no time e preparar o time pra jogar no 3-5-2 com o Marcão fazendo o papel de lateral em alguns momentos.

Agora o que nos resta é torcer para que o estrago da janela de transferências seja pequeno, e que o Palmeiras se mantenha forte e na briga pelo título até o final. Estamos com a faca e o queijo na mão. Ainda tem uma longa jornada pela frente, mas não podemos desanimar jamais. Vamos em busca desse título juntos. Time e torcida lado a lado para superar os adversários, os erros de arbitragem (que virão, podem ter certeza) e todos os obstáculos, a começar pela janela de transferências.

Denis Narvas é jornalista e palmeirense fanático, não necessariamente nesta ordem. Ele escreve a coluna "Papo de Porco" quinzenalmente às terças-feiras no blog Futebolismo.